Notícias

leonoraweissmann2-autorretratocomtheo
27/07/2015

Leonora Weissmann na coletiva “Álbum de Família”

 

leonoraweissmann2-autorretratocomtheo

Coletiva “Álbum de família” reúne obras emblemáticas

Centro Municipal de Arte Hélio Oiticica inaugura no dia 1° de agosto, a exposição “Álbum de família”, com cerca de quarenta trabalhos (entre pinturas, objetos, fotografias, desenhos, videoinstalações, instalações sonoras e filmes) de mais de vinte artistas brasileiros e estrangeiros. Com curadoria de Daniella Géo, a coletiva reflete sobre a família e suas questões, como um tema permanente da produção artística, e será acompanhada ainda de um seminário transdisciplinar nos dias 25, 26 e 27 de agosto.

“A exposição vem em um momento em que o conceito de família é revisto, em que se elaboram novas leis relativas a relações homoafetivas e à adoção, em que aumentam as denúncias de violência sexual doméstica, em que surgem mais asilos particulares e, consequentemente, mais idosos são privados do convívio familiar, e em que, paralelamente, grupos conservadores procuram manter intacto a imagem e o modelo tradicional de família”, observa a curadora.

Desde diferentes configurações ao ideário matrimonial, passando pelo abuso de poder e violência doméstica, até a família como construção política, a exposição aborda ainda laços familiares, amor e noção de coesão à ausência, perda e solidão; espaço íntimo e dimensão pública; mito e estereótipos, e de como a sociedade afeta e é afetada pelas famílias.

Estão na exposição obras de nove artistas brasileiros – Adriana Varejão, Anna Bella Geiger, Dias & Riedweg, Fabio Morais, Jonathas de Andrade, Leonora Weissmann, No olho da rua 1995 > 2015 (Julian Germain, Murilo Godoy, Patricia Azevedo e jovens que vivem nas ruas de Belo Horizonte), Ricardo Basbaum, Rosana Palazian e Rosângela Rennó, e trabalhos dos artistas Bill Viola (1951, Nova York, EUA), Daniel W. Coburn (Lawrence, Kansas, EUA), Candice Breitz (1972, Johannesburg, África do Sul), Charif Benhelima (1967, Bruxelas), Gillian Wearing (1963, Birmingham, Inglaterra), Michel Journiac (1935-1995, Paris), Richard Billingham (1970, Birmingham Inglaterra), Santu Mofokeng (1956, Soweto, África do Sul), Sue Williamson (1941, Lichfield, Inglaterra), Tracey Rose (1974, Durban, África do Sul), Victor Burgin (1941, Sheffield, Inglaterra), e Zanele Muholi (1972, Umlazi, Durban).

 

Centro Municipal de Arte Hélio Oiticica 

Rua Luís de Camões, 68.

Entrada gratuita.

Até 19 de setembro de 2015.

images