Marcílio Gazzinelli

Marcílio Gazzinelli nasceu em Teófilo Otoni (MG) e iniciou-se como autodidata em fotografia paralelamente ao curso de Geologia no final dos anos 70. Em 1981 profissionalizou-se e passou a atuar no mercado de fotografia autoral, aérea e industrial. Desde então, participa de exposições individuais no Brasil e coletivas mundo afora, como nos EUA, Guatemala, Costa Rica e Espanha. É editor de fotografia de diversos livros.

Marcílio Gazzinelli entrou em contato com a técnica da fotografia através de cursos realizados no SENAC de Belo Horizonte. Profissionalizou-se em 1979, especializando-se em fotografias aéreas e industriais para o mercado publicitário.

Paralelamente, produziu um dos mais alentados arquivos autorais de imagens de viagem: fotografou todos os países da América Central, incluindo um documentário sobre a pós-revolução nicaraguense em 1980, que resultou em exposição apresentada, no mesmo ano, no Mission Cultural Center de San Francisco, EUA. Desceu remando o Rio São Francisco de Pirapora a Bom Jesus da Lapa, percorreu o vale do Jequitinhonha de motocicleta, captou o clima cosmopolita de Nova Yorque e as paisagens do Havaí, sempre registrando em filme suas impressões de viagem.

Coordenou a edição fotográfica de "Belo Horizonte, um fértil solo humano", livro que marcou o centenário de Belo Horizonte. Suas últimas exposições foram:
- 2008 - “Viver Minas” - Exposição montada em Turim/Itália, entre 15 de novembro e 18 de dezembro, pelo Governo de Minas Gerais;
- 2009/2010 - “SER, OLHAR E CELEBRAR” Dialogo visual Brasil Catalunha - Palau Robert, Casa Criativa e Consulado Brasileiro - Barcelona;
- 2010 - “Natur” - AM Galeria - Belo Horizonte.

em breve

Imagem de Amostra do You Tube

em breve