Benedikt Wiertz

Benedickt Wiertz,  natural de Bonn, Alemanha.

Pós-Graduado em Pesquisa e Ensino no Campo das Artes Plásticas, foi também diretor da Escola Guignard/UEMG (2008/2012), onde, atualmente, trabalha como professor de cerâmica. Entre os anos de 1977 a 1981 em Düsseldorf/Alemanha, trabalhou no projeto “Kinderarbeit-Martinstrasse” numa série de ações artísticas de cunho social. De 1981 a 1995,  residiu  na Espanha trabalhando nos atelies dos ceramistas Pablo Alonso Lain e Eukeni Lekumberi em Pamplona e Vitória e com o pintor e ceramista Angel Canada em Bilbao. Em 2004 criou o projeto “Quinta Poética – Matrizes da Arte Contemporânea” e “Atelier Aberto” do Centro de Extensão da Escola Guignard/UEMG. De 2004 a 2006 desenvolveu as ações educativas do Inhotim Centro de Arte Contemporânea, como “Laboratório de Experiências e Vivências Estético-Sensoriais”. Foi convidado, palestrante e membro de comissões de seleção em diversos momentos como no Primeiro Encontro Internacional de Ceramistas da USP em São Paulo em 2011, no simpósio “Ceramics and Glass Between Tradition and Contemporaneity” em Cluj-Napoca/România 2011, no “Prêmio Funarte de Arte Contemporânea 2012″ de Artes Visuais em  Belo Horizonte e no processo seletivo do MAP Museu de Arte da Pampulha 2013.
Realizou diversas exposições coletivas e individuais no Museu da Casa Brasileira São Paulo, Museu Histórico Abílio Barreto, Palacio das Artes BH, Galeria Oscar Cruz São Paulo, BDMG Cultural e Centro Cultural da UFMG.